<"/>

BLOG

12-12 - O que é o bruxismo e os efeitos para a saúde

compartilhe:

Você sabia que algumas condições odontológicas podem ser manifestadas com sintomas que, nem sempre, estão relacionados com dores nos dentes ou na região bucal? Uma dessas doenças é o bruxismo.

Muitos pacientes que manifestam essa condição nem mesmo sabem que podem estar lidando com quadros avançados do bruxismo, exatamente porque confundem seus sintomas com doenças que podem ter características similares a ele, quando não diagnosticadas corretamente.

Para lhe ajudar a compreender o que é o bruxismo, como diagnosticá-lo e tratá-lo, preparamos esse artigo. Confira e tire suas dúvidas!

O que é o bruxismo?

Bruxismo é uma condição odontológica caracterizada pelo hábito, involuntário, de apertar e ranger os dentes de maneira forte, em diferentes situações do dia a dia. Podemos pressionar ou ranger os dentes ao realizar uma tarefa que demanda maior nível de tensão e concentração, por exemplo, como, também, ao dormir, especialmente após uma longa jornada de trabalho.

Geralmente, a condição é relacionada com aspectos psicológicos do paciente que, sob maior nível de tensão, pressiona a musculatura na região oral, resultando o desenvolvimento desse quadro clínico.

O bruxismo pode ser manifestado em pacientes de diferentes características físicas e até mesmo faixas etárias, devendo ser, portanto, uma questão sempre avaliada na consulta rotineira com o dentista.

Quais são os sintomas do bruxismo?

Uma das principais características da arcada dentária dos pacientes que apresentam o bruxismo é o desgaste dos esmaltes dos dentes, que é facilmente identificado pelo dentista durante a consulta.

Outros sintomas, que são consequências do hábito inconsciente de pressionar e ranger os dentes, são as dores na região da mandíbula (podendo, em casos graves, desenvolver dores da Articulação Têmporo-Mandibular, dores de cabeça e, até mesmo, de ouvido.

Em pacientes que manifestam o bruxismo ao dormir, o som de ranger os dentes pode ser, também, um sintoma comum e que demonstra a intensidade dessa tensão transferida para a região oral do paciente.

Independentemente do sintoma manifestado, somente o dentista é capaz de associá-los a um quadro relevante de tratamento dessa condição.

É possível tratar o bruxismo?

Assim como qualquer outra condição odontológica causada por quadros de tensão ou estresse, o bruxismo também pode ser tratado com a ajuda de profissionais do ramo e, até mesmo, especialistas em estresse.

O dentista pode ajudar no diagnóstico do bruxismo, identificando os sintomas e o desgaste no esmalte dos dentes, e, também, sugerindo o uso de uma placa protetora na arcada, que se encaixa nos dentes e protege suas estruturas durante um episódio dessa condição, além de desprogramar a mordida e relaxar a musculatura.

Como a placa é apenas um tratamento paliativo de um sintoma do bruxismo, é necessário tratar, também, o que está causando o hábito de pressionar e ranger os dentes. Por isso, é importante procurar a ajuda de um profissional de medicina e/ou psicologia, para encontrar alternativas de aliviar a tensão do dia a dia e, em alguns casos mais graves, até mesmo fazer uso de medicamentos que podem relaxar a musculatura corporal.

Esse tratamento, portanto, deve ser acompanhado de perto por esses profissionais, para garantir bons resultados e alívio dos sintomas para o paciente.

Você acredita estar manifestando sintomas de um possível quadro de bruxismo? Já procurou um dentista para lhe ajudar nesse diagnóstico? Compartilhe suas dúvidas com a gente!