BLOG

01-10 -

compartilhe:

Além de desconfortável, a dor de dente causa uma série de transtornos no dia a dia. O problema é tão comum entre os brasileiros que estima-se que quase 25% da população sofra com o incômodo, segundo o último levantamento divulgado pelo Ministério da Saúde. Especialista em radiologia odontológica e mestre em saúde pública, a Dra Márcia Gabriella Barros explicou um pouco as causas do problema.

Qual é a principal causa da dor de dente? 
Márcia Gabriella Barros: Existem duas causas principais - a cárie e as doenças periodontais. 

Esses problemas surgem principalmente por conta da má higiene bucal?
Márcia Gabriella Barros: Infelizmente sim. Apesar de esse ser um assunto muito divulgado, a maior parte da população ainda erra nos cuidados básicos. Muitas pessoas ignoram os sinais, principalmente se eles aparecem em situações pontuais, quando há o consumo de alimentos ou bebidas quentes ou frios, por exemplo.

Isso significa que o problema pode ser resolvido se for tratado no início? 
Márcia Gabriella Barros: Exatamente. Se as pessoas mantiverem a higiene bucal adequada e as visitas regulares ao dentista, o problema dificilmente surgirá. Porém, se mesmo assim surgir, o profissional consegue resolver no início, o que reduz muito o risco de complicações. Eu diria que mais de 90% dos casos de dor de dente poderiam ter sido evitados pelo próprio paciente.  

Existem outros motivos para a dor de dente?
Márcia Gabriella Barros: Sim. Algumas pessoas têm muita sensibilidade, sofrem com sinusite ou com má oclusão dentária. Nesses casos também é fundamental buscar ajuda profissional porque essa dor pode ser diminuída ou até eliminada. 

Muitas pessoas se automedicam quando sofrem de dor de dente. Quais são os perigos?
Márcia Gabriella Barros: Os remédios mascaram o problema e são ineficazes. Além disso, dependendo da medicação, o problema pode ser agravado. 

O que pode ser feito quando a dor é forte e não é possível se consultar com um dentista imediatamente?
Márcia Gabriella Barros: Dependendo de cada caso, existem algumas soluções caseiras, como o bochecho com água morna e sal, chupar gelo ou fazer uma compressa de bolsa fria na bochecha, são alguns exemplos. Mas é muito importante não utilizar medicamentos sem indicação do dentista. 

Como funciona o tratamento para quem já sofre com a dor de dente?
Márcia Gabriella Barros: Tudo vai depender da causa. Se for uma cárie, o dentista deve optar por uma restauração do dente. Se o caso for mais grave, com comprometimento da polpa do dente, a alternativa pode ser o conhecido tratamento de canal. Alguns analgésicos e anti-inflamatórios podem ser indicados para aliviar a dor até que o tratamento seja concluído. 

ClickAtivo Software para Web